SOLIDARIEDADE – FAZER O BEM SPERINDE É O NOSSO SELO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Fiel aos nossos valores, nesse mês das crianças, visitamos o Pão dos Pobres e abraçamos projetos, campanhas e selamos um compromisso em acolher menores aprendizes.

 

João Rocha, Gerente Socioeducativo da Fundação Pão dos Pobres faz um relato do trabalho de 124 anos de acolhimento a crianças e jovens e do Centro de Educação Profissional de adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Faça parte!

 

 

PÃO DOS POBRES – RESSIGNIFICANDO VIDAS

 

 

O mês das crianças é singularmente uma boa oportunidade de refletirmos sobre a vida e o que estamos construindo e deixaremos como propósito. Estamos num mundo de transformações cada vez mais rápidas. Todas essas mudanças nos fazem refletir sobre a existência e tudo que envolve a conexão entre as pessoas e a qualidade de vida comunitária e social.
Nesse sentido, a Fundação O Pão dos Pobres tem um papel muito importante nessas relações sociais, pois desenvolve um trabalho voltado para atender crianças e adolescentes em situação de extrema vulnerabilidade.

 

Diariamente, são atendidos mais de 1400 crianças e adolescentes de zero a 24 anos em diversos serviços e projetos desenvolvidos na instituição. Destacamos o Acolhimento Institucional, no qual são atendidos crianças e adolescentes em alta complexidade de violação de direitos básicos de vivência de sua infância. Nesse serviço, são garantidos proteção integral, acompanhamento psicossocial, alimentação balanceada e de qualidade, inserção na escola e atendimento personalizado.

 

 

A nossa Gestão é desenvolvida por meio de Eixos temáticos, alinhado com as Políticas Públicas na área da Assistência Social, Educação e alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, onde prevê ações integradas que mesclam, de forma equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental. A cada período de cinco anos realizamos o Planejamento Estratégico que visa qualificar e melhorar nossos projetos em prol das crianças e adolescentes em situações de extrema vulnerabilidade. Assim, construímos serviços, programas e projetos interconectados que visam promover projetos de vida inclusivos.

 

 

O Centro de Educação Profissional é outra atividade importante realizada pela Fundação. Nesse atendimento, são oferecidos diversos cursos de qualificação profissional, que capacitam centenas de adolescentes para o mundo e o mercado de trabalho. Com um currículo qualificado, atende as demandas e exigências de competências tanto técnicas quanto comportamentais. Gastronomia, Mecânica Automotiva, Serralheria, Informática, Corte e Costura, Cabeleireiro, Marcenaria e Manutenção de Computadores são cursos que podem proporcionar um novo caminho para esses jovens, possibilitando uma colocação no mercado de trabalho. Isso traz dignidade e cidadania para suas vidas, além de prevenir que se envolvam em atos ilícitos e uso de drogas.

 

Na perspectiva da prevenção, também é oferecido o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para as crianças e adolescentes, no qual o enfoque é o reforço escolar, atividades lúdicas e esportivas, bem como a relação e o vínculo com suas comunidades e famílias.

 

Todos esses serviços reforçam a importância do investimento nas crianças e adolescentes, em especial, aqueles que sofrem com violências de todas as ordens. Tirar essas crianças e adolescentes da invisibilidade e lhes proporcionar que se desenvolvam na sua integralidade de cidadão é a maior missão do Pão dos Pobres.

 

Desde a sua fundação, em 1895, para atender os órfãos e viúvas da guerra federalista, até os tempos atuais, o propósito do Pão dos Pobres sempre foi priorizar o atendimento aos que mais sofrem. São 124 anos de atendimento ininterrupto nesse objetivo. Conclamamos as pessoas e toda a sociedade a contribuir com nossa missão. Assim, poderemos fazer mais e melhor, conectando pessoas, fazendo o bem a milhares de crianças e adolescentes.

 

Pão dos Pobres, a cada dia um novo futuro, nos desperta a conectar pessoas e forças para um bem comum e integrado.

 

Faça parte você também!