SÍNDICO PROFISSIONAL: O QUE É E QUAIS AS VANTAGENS

O síndico é o personagem mais importante da administração do condomínio. Porém, nem todo mundo tem conhecimento suficiente e está preparado para atuar na área ou interesse em assumir a responsabilidade. É aí que entra o síndico profissional.

 

A atuação tem ganhado bastante destaque ultimamente, mas você sabe o que faz um síndico profissional? E ainda: saiba se é indicado para o seu condomínio este profissional, quais são os seus deveres e obrigações com o condomínio e esclarecer algumas dúvidas recorrentes sobre o assunto, como preços e remuneração.

 

 

O que é um síndico profissional?

O síndico profissional é uma pessoa contratada pelo condomínio para exercer a função de síndico do local. Ao contrário do síndico morador, o vínculo desse trabalhador com o condomínio é focado na parte profissional. Em geral, esse prestador de serviço não é morador e nem proprietário de um imóvel no empreendimento.

 

As obrigações de um síndico profissional são as mesmas de um síndico morador. É responsabilidade dele:

 

– Administrar o condomínio;

– Cuidar e gerenciar os fundos de reserva;

– Lidar com as demandas dos moradores e mediar conflitos;

– Organizar o cronograma de obras e manutenções;

– Fiscalizar a inadimplência e as ações judiciais do condomínio;

– Organizar as reuniões de assembleia e garantir que os moradores sejam notificados;

– Coordenar a equipe de funcionários contratados e terceirizados;

– Garantir a organização e preservação das áreas comuns do condomínio, como salão de festas e piscinas.

 

A prática é totalmente legal e começou a se popularizar após a chegada do Novo Código Civil, em 2002. Com isso, o Art. 1.347 (Lei Federal 10.406/02) permite a contratação de um síndico profissional: “A Assembleia poderá escolher um síndico, não condômino, para administrar o condomínio, por prazo não superior a dois anos, o qual poderá renovar-se”.

 

A contratação de um síndico profissional ocorre igual a de um síndico morador: através de reunião e votação da assembleia. Após isso, é assinado o contrato de prestação de serviços que determina as horas e condições de trabalho, remuneração e prazo de encerramento da prestação de serviços.

 

Segundo a lei, o mandato não pode ultrapassar dois anos. Entretanto, esse período pode ser renovado através de uma assembleia de reeleição do síndico profissional. O Conselho do condomínio é o responsável por coordenar e cobrar a atuação do encarregado.

 

Quem pode ser um síndico profissional?

 

Síndicos profissionais são pessoas capacitadas e qualificadas para atender as demandas de um condomínio. Na Sperinde em Caxias do Sul, somos especialistas em Sindicância Profissional, atuando há 15 anos no ramo com transparência, segurança e resultados.

 

Qual a importância do síndico profissional?

 

O síndico profissional supre um problema que aflige milhares de condomínios Brasil à fora: moradores que não têm tempo, conhecimento ou até mesmo interesse de atuar como síndico.
Pense na seguinte situação, quem você escolheria para cuidar do seu negócio: uma pessoa que aceitou a tarefa por obrigação e/ou pressão dos colegas ou um profissional que estudou gestão, administração e liderança, e ainda traz consigo uma bagagem de experiências no setor?
Quando um condomínio não tem moradores motivados e/ou qualificados para atuar como síndico, vale mais a pena deixar a responsabilidade nas mãos de alguém treinado e de confiança. Nesses casos, vale a pena para o condomínio contratar um síndico profissional.

 

Por não ter vínculo de moradia ou propriedade com o condomínio, o síndico profissional provavelmente será mais objetivo na hora de tomar decisões. Também fica mais cômodo para os condôminos tirarem dúvidas, fazerem cobranças ou críticas, sem o medo de criar um clima ruim no dia a dia do condomínio.

 

Conte com a Sperinde para fazer de seu condomínio seu lugar para viver bem. Entre em contato por WhatsApp.