DIA NACIONAL DO VOLUNTARIADO E FAZER O BEM SPERINDE

No dia 28 de agosto de 1985, a lei nº 7.352 foi sancionada no Brasil, instituindo o Dia Nacional do Voluntariado. A data é comemorada anualmente desde então, e registra a importância da solidariedade e do trabalho voluntário à sociedade.

Conheça e participe do Fazer o Bem Sperinde, nosso programa de responsabilidade social que apoia crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

 

Ione Nichele – Voluntária em atividade educativa na ONG Saúde Criança Porto Alegre

 

TEMOS UM CONVITE PARA VOCÊ!

VAMOS NOS UNIR EM SOLIDARIEDADE? 

 

“Como fundadora do Fazer o Bem Sperinde venho lhe fazer um convite. Nosso propósito ao criar este programa de responsabilidade social foi engajar nossos colaboradores, clientes e amigos com objetivo de unir forças e gerar um impacto maior no fazer o bem social. ”  Doris Marins.

 

 

A pandemia foi um grande catalisador de boas ações e mudou a forma de contribuir conforme divulgou amplamente a mídia.

Mas, por outro lado, trouxe também vários desafios à prática do voluntariado, sendo o principal deles o afastamento ou adaptação das atividades e ações presenciais.

 

TODAS AS FORMAS DE DOAÇÃO CAIRAM EM 2020

 

O levantamento Pesquisa Doação Brasil, coordenado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), indicou uma queda nas doações em 2020,  incluindo a de tempo, que também caracteriza o voluntariado.

Em 2015, 77% da população fez algum tipo de doação, mas, em 2020, o percentual foi de 66%.

Muito nos perguntamos sobre as mudanças de hábitos que a pandemia impôs a todos nós, se continuariam no pós pandemia ou se tudo voltaria a ser como antes.

Muita coisa de fato mudou, novos hábitos introduzidos no dia a dia mas aos poucos a vida foi retomando seu curso natural e precisamos, com urgência, voltar a olhar novamente mais aos desassistidos.

 

EMPATIA COM OS MENOS PRIVILEGIADOS

 

Se, no nosso dia a dia privilegiado sentimos dificuldades na economia, desemprego e o agravamento das diferenças sociais, não é difícil de imaginar as dificuldades multiplicadas das crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social agravada, muitas vezes, por doenças crônicas e severas.

A pandemia provocou a queda das doações e as limitações do trabalho voluntário, o que tornou as necessidades das instituições assistenciais ainda maiores.

 

Sempre penso que faço pouco e que poderia fazer muito mais. Mas, o importante é manter-se fazendo. Incorporar no nosso dia a dia a atitude de olhar o próximo para que possamos, na soma de ações, ajudar a quem mais precisa.

 

Quem quer fazer o bem, sempre encontra uma forma. Tem gosto e jeito para tudo : tem quem entrega macarrão, tem quem entrega sopa, tem quem entrega lanche, tem quem faz música, tem quem ajude os velhinhos, tem quem ajude as crianças. Jeito para ajudar o próximo é o que não falta, é só você achar o seu, arregaçar as mangas, descruzar os braços e fazer o bem.

 

Trabalho humanitário com diversão. Quentinhas produzidas pela Arquiteta Neca Schertel, titular do Cassiano Arquitetos Associados.

 

VOLUNTARIADO EMPRESARIAL

 

Além de ações individuais, as empresas também podem realizar projetos na área, a partir do chamado voluntariado empresarial.

A empresa encontra algo que faça sentido nas comunidades que estão próximas a ela, trabalhando com questões como educação ou pobreza, por exemplo.

 

A importância está em  buscar um “impacto positivo”, e garantir que o voluntariado não ocorra ocasionalmente, de forma incerta, mas sim de forma constante envolvendo seus colaboradores e todos que de alguma forma se relacionam com a empresa. Há  um encontro com seus próprios valores pessoais.

 

“Quando se fala de voluntariado, fala-se de ‘vai quem quer’. Nunca vai ser 100% da empresa e de todos envolvidos mas, mesmo quando é um grupo pequeno, é motivo de orgulho de todos o bem realizado.

O importante é tirar do cartão da empresa os valores e transformar isso em ações concretas de responsabilidade social.

 

 

Com este objetivo nasceu, antes da pandemia , em 2019 o FAZER O BEM SPERINDE, programa de responsabilidade social que tem como objetivo engajar colaboradores, clientes e amigos em benefício da solidariedade, em apoio à crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

De lá para cá, buscamos manter ativo nosso apoio com ações e campanhas alinhadas ao nosso propósito – engajar pessoas em fazer o bem e multiplicar nossa força. É o verdadeiro Juntos Podemos Fazer Mais!

 

 

FAZER O BEM SPERINDE E VOCÊ JUNTOS!

 

Estamos chegando até você, o que nos dá esperança de lhe ter conosco em nossos projetos. Junte-se a nós em solidariedade.

Participe de nossos projetos.

 

ALIMENTAR PÃO DOS POBRES 

A campanha ALIMENTAR Pão dos Pobres visa arrecadar alimentos, gás de cozinha, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), produtos de limpeza e higiene pessoal para atender às necessidades das crianças que moram na Fundação, dos adolescentes do Projeto Educacional e de suas respectivas famílias. O Pão dos Pobres está disponibilizando também cestas básicas e material de higiene para outras famílias necessitadas.

 

ABRACE SAÚDE CRIANÇA

Crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas e em situação de vulnerabilidade social – Porto Alegre/RS.  A campanha tem como objetivo arrecadar cestas básicas, vales gás de cozinha, produtos de higiene pessoal e doméstica para 45 crianças e adolescentes assistidos pela Associação Saúde Criança Porto Alegre, vinculada ao Hospital da Criança Conceição e suas respectivas famílias, totalizando 180 pessoas.

 

ACOLHA CASA DO MENINO JESUS DE PRAGA

Crianças e adolescentes com lesão cerebral grave e comprometimento motor permanente, oriundas de famílias carentes do Rio Grande do Sul. O objetivo desta campanha é contribuir para os cuidados com os 30 acolhidos da instituição, por meio da aquisição de equipamentos de proteção individual médico-hospitalares, além de materiais de higiene e limpeza.

 

 

 

UNIÃO FAZ A FORÇA

 

Trilhando o caminho do Fazer o Bem Sperinde, conhecemos nossa parceira moedadobem.com.br, uma startup social que seleciona, arrecada investimentos e acompanha projetos sociais de credibilidade, com o propósito de movimentar uma economia baseada em fazer o bem e gerar real valor para todos os envolvidos, atuando com transparência em todo o processo.

 

O Moeda do Bem, veio completar nossos projetos com tecnologia e transparência, oportunizando a cada um , escolher o projeto que prefere apoiar e fazer o bem de forma digital e fácil.

 

Utilizando a plataforma, suas doações chegam diretamente na conta da instituição assistida.

 

Junte-se a nós. Escolha o projeto que mais toca o seu coração e junte-se a nós em apoio as crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social.

 

ACOLHA – Casa do Menino Jesus de Praga

 

ABRACE SAÚDE CRIANÇA – Alimento e educação

 

ALIMENTAR – Pão dos Pobres