ENERGIA SOLAR PARA CONDOMÍNIOS E ECONOMIA NA CONTA DE LUZ

crise energética e os benefícios para o meio ambiente, somados ao avanço tecnológico e linhas de crédito cada vez mais facilitadas, fazem atualmente da energia solar uma excelente alternativa para uma  redução drástica nas contas de luz nos condomínios. 

 

 

 

COMO INSTALAR UM SISTEMA SOLAR NO SEU CONDOMÍNIO

 

A Geração de Energia Solar Para Condomínios é feita através de um sistema central instalado em área comum do empreendimento. Com o equipamento, é possível suprir o consumo desta área e de cada unidade individual, reduzindo drasticamente o gasto com energia em todo o condomínio.

 

O sistema central  é projetado levando em consideração o consumo elétrico total do empreendimento, ou seja, da área comum e de cada apartamento.
Esse sistema é conectado à rede elétrica através do relógio de luz central do condomínio e toda a energia gerada é injetada na rede, uma vez que não é possível dividir, em tempo real e de forma certa, o quanto de energia vai para cada consumidor.
Caberá ao responsável pelo sistema definir, previamente, o rateio dos créditos entre os moradores do condomínio, proporcionalmente à cota de cada um no sistema, ou seja, quanto cada um investiu. Porém, caso o sistema tenha sido instalado para suprir o consumo elétrico das áreas comuns do condomínio, este deverá ser compensado antes de se fazer o rateio.

 

 

CONHEÇA MAIS SOBRE ENERGIA SOLAR 

 

Energia solar é toda a forma de energia que têm como fonte a luz solar. Existem diversas tecnologias que a utilizam tanto para geração de eletricidade (pela energia fotovoltaica e heliotérmica) quanto para aquecimento de água (com a energia solar térmica).

Em resumo, a energia solar fotovoltaica capta a energia do sol, através de painéis fotovoltaicos, gerando energia elétrica e, através dos inversores, transforma essa corrente elétrica para utilização em residências, comércios e indústrias.
Esta tecnologia está em constante crescimento, tem ótimo grau de aplicabilidade e viabilidade e vem ganhando cada vez mais adeptos, cobrindo desde telhados em cidades até e áreas rurais para geração de energia de forma sustentável, renovável e limpa.

 

 

VANTAGENS E DESVANTAGENS 

 

Segundo o diretor comercial da Solar Triad Clean Energy, Giné Artero Filho, as consideradas desvantagens na utilização da energia solar, seu alto investimento inicial e a sua intermitência, vão aos poucos deixando de existir.

 

Devido ao rápido avanço tecnológico do setor o preço dos equipamentos vem reduzindo rapidamente e a utilização de baterias para armazenar energia estão cada vez mais viáveis. Destaca também que as linhas de crédito estão cada vez mais acessíveis e com baixas taxas de juros ao setor.

 

Fato que viabiliza as instalações e ainda permite ao usuário “substituir” o valor que antes pagava pela conta de luz, pelo valor do financiamento.

 

BENEFÍCIOS AO MEIO AMBIENTE

 

A energia solar é uma das mais sustentáveis, uma vez que não emite poluentes e nem utiliza matérias-primas escassas na natureza, tornando- se uma fonte limpa e renovável. Além de não emitir poluentes, o seu funcionamento é silencioso e discreto, evitando a produção de ruídos desagradáveis. O sistema solar também não requer cuidados de manutenção exaustivo, apenas uma limpeza ocasional.

Sistemas de energia fotovoltaica também são sustentáveis em seu descarte, uma vez que estão sendo desenvolvidas plantas de reciclagem para painéis solares inservíveis, que podem reciclar até 97% de seus componentes.

 

VALORIZAÇÃO DO IMÓVEL 

 

Os painéis solares fotovoltaicos possuem garantia de até 25 anos, pagando-se o investimento em uma média de cinco anos. A economia gerada pode chegar até 95% do total da conta de luz, tornando esse um investimento inteligente, que ainda contribui para a valorização do imóvel.

 

Segundo estudo do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, nos EUA, um imóvel com energia solar passa por uma valorização de 4 a 6%.

 

 

UTILIZAÇÃO E CRÉDITOS

 

A energia gerada pelo sistema solar conectado à rede converte-se em créditos na concessionária, que podem ser utilizados em períodos de baixa produção (menos ensolarados, ou à noite), ou até em outros imóveis de mesma titularidade e concessionária. O autoconsumo remoto também pode ser utilizado quando o local da usina solar não é o mesmo do consumo.

 

Os painéis solares também são uma boa opção para residências em áreas isoladas, como substituta da energia elétrica convencional em regiões que ainda não possuem distribuição. Sistemas off-grid utilizam o auxílio de baterias para armazenar a energia captada, pelos painéis garantindo a alimentação mesmo em dias chuvosos ou durante a noite.

 

 

Você sabia que a Sperinde pode auxiliá-lo em todo esse processo?

 

Somos especialistas em administração de condomínios há mais de 43 anos.

 

CONTE CONOSCO!
TUDO PARA FACILITAR A ADMINISTRAÇÃO DO SEU CONDOMÍNIO.

Fale conosco pelo site ou pelo Whatsapp:

Porto Alegre 5199923-6148

Caxias do Sul 5499612-6728.

 

 

Leia Mais:

Condomínios: os riscos da contratação de funcionários e exigências legais

 

PPCI e LTIP: prazos de regularização

 

4 dicas para uma boa convivência em condomínio