Um olhar do Vice-prefeito de Porto Alegre sobre a revitalização do Centro Histórico

Dentro do nosso projeto, 250 anos – Uma Porto Alegre que se renova, entendemos que a cidade toda vive um movimento de renovação e para falar melhor sobre isso, a Sperinde convidou o Vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes para um bate-papo sobre a revitalização do Centro Histórico e outros projetos.

Porto Alegre tem recebido inúmeras ações, reformas, projetos e eventos que levam nossa cidade para um novo patamar.

PERGUNTAMOS AO VICE-PREFEITO, COMO ELE PERCEBE ESSE MOVIMENTO DE RENOVAÇÃO:

“Com certeza. A cidade está passando por um momento de transformação. As pessoas estão percebendo que o ambiente é favorável a novos projetos. Estamos vivendo momentos de esperança em dias que estão, de fato, sendo melhores, com mais oportunidades, em um cenário positivo. A cidade está fazendo a sua parte e isso se reflete na percepção das pessoas. Quando há liberdade para inovar, as pessoas vão produzindo a transformação que queremos para o futuro.”

Vice-prefeito Ricardo Gomes

 

QUAL O PAPEL DO PODER PÚBLICO NESSES PROJETOS DE RENOVAÇÃO?

Acredito que o papel do poder público é estar ao lado dos empreendedores, que são os que fazem a verdadeira transformação. Eu vejo Porto Alegre como uma cidade com alta capacidade de inovação e com muito poder de transformação. É uma cidade que tem suas tradições mas também tem capacidade criativa. Quando o poder público reconhece isso, é meio caminho andado. Quando se consegue, além da liberdade de empreender, que o Município faça seu papel de prover a infraestrutura e os serviços básicos, a cidade decola. É nesse contexto que nossa capital ganha cada vez mais tração: união do poder público com a capacidade das pessoas.

 

QUAL A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DAS EMPRESAS PRIVADAS NA PROMOÇÃO DA RENOVAÇÃO DA CIDADE?

Eu acredito que, quem faz a real transformação nas cidades são as pessoas, o setor privado. O poder público abre o caminho, mas quem constrói é a própria população. A necessidade do dia-a-dia vai mostrando o melhor lugar para se ter um hospital, uma praça, uma farmácia, por exemplo, e cabe a nós enxergarmos a mudança e facilitarmos a vida de quem quer fazer a diferença. É fundamental a participação das empresas neste cenário, principalmente na geração de emprego e renda, colocando comida na mesa de quem mais precisa. Tem uma frase que gosto muito do Friedrich Hayek, nobel de economia, que diz que “quanto mais o Estado planeja, mais difícil é para as pessoas planejarem”. Acredito que o papel do governo é seguir e apoiar os planos que o setor privado vai empreendendo na cidade.

 

QUAIS OS SETORES QUE ESTÃO TENDO UMA MAIOR INOVAÇÃO E QUAIS AINDA PRECISAM DE UMA ATENÇÃO ESPECIAL?

 “Sem dúvida os setores de inovação, saúde e gastronomia/entretenimento tem alto nível em Porto Alegre, com capacidade de competir com os melhores do mundo. Se falarmos do ponto de vista geográfico, a orla do Guaíba e o Quarto Distrito simbolizam essa renovação. Ainda precisamos fortalecer o comércio de rua, que sofreu demais na pandemia e ainda é uma das âncoras da economia da cidade, como aliás todo o comércio varejista. E a recuperação do Centro Histórico também tem um papel nessa retomada.”

 

 

 

 

FALANDO EM CENTRO, A REVITALIZAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE GERA ANSIEDADE E ALEGRIA EM TODOS NÓS, PODERIA FALAR UM POUCO MAIS SOBRE ESSE PROJETO?

 

 

“O Centro Histórico é a principal porta de entrada de Porto Alegre, ponto de referência quando se trata de turismo e história da cidade. Na Capital, é onde temos os mais variados serviços, o maior polo comercial e bancário do Rio Grande do Sul, além de mobilidade para toda a região metropolitana. O Projeto Centro+ nasceu da necessidade de resgate desse espaço público. Ele é um dos sete programas de governo prioritários pactuados no Plano Plurianual 2022-2025.

O programa prevê atuação em questões como segurança pública, infraestrutura, fiscalização, desenvolvimento econômico, zeladoria, mobilidade e preservação do patrimônio histórico, além de intervenções para fomentar o turismo e a cultura local.

 

 

Encontre aqui os melhores imóveis para viver bem no Centro.

 

 

SOBRE O NOVO DECRETO DA CIDADE BAIXA, PODERIA FALAR SOBRE ESSA MUDANÇA?

A Cidade Baixa é conhecida por ser um local boêmio, que sempre conviveu com atrito entre moradores, estabelecimentos e frequentadores, justamente por não haver regras de convivência. O que a Prefeitura fez foi ajustar estas regras para que todos possam conviver neste mesmo ambiente que é, sim, de entretenimento, mas que também é residencial.

 

 

O decreto que estabelece novas regras de convivência no bairro Cidade Baixa foi construído com amplo diálogo entre a comunidade, vereadores e poder público. Entre as medidas, fica vedada a atividade de ambulante no bairro, no horário das 24h até as 7h, exceto quando autorizados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET). Também fica proibida a venda por meio de tele entrega de bebidas alcoólicas e alimentos a quem esteja em via pública. Bares, restaurantes e similares deverão, após as 2h, restringir as atividades ao consumo em área interna do estabelecimento. A Guarda Municipal (GM) será responsável por dispersar aglomerações que perturbem o sossego público.

Acreditamos na liberdade, e não interferimos nos espaços dos bares e restaurantes. O passeio público é de todos, e portanto precisa de regras que permitam a convivência.

 

 

Encontre aqui os melhores imóveis para viver bem na Cidade Baixa.

 

 

TEREMOS O SOUTH SUMMIT EM PORTO ALEGRE, UMA CONQUISTA DA ATUAL GESTÃO, PARA SEDIAR UM EVENTO DESSA IMPORTÂNCIA, EM SUA VISÃO QUAL O IMPACTO QUE VAI GERAR NA CIDADE?

O sentimento de que Porto Alegre está no mapa mundial da inovação e da tecnologia e que o mercado global está olhando para nossas startups e empresas com interesse. Estamos desenvolvendo um excelente relacionamento com outros países, através do nosso gabinete de Relações Internacionais, o que eleva o nome da Capital. O evento deixará como legado a cultura da inovação, além da promoção do turismo de negócios na cidade. Queremos que as pessoas queiram ficar e desenvolver suas empresas em Porto Alegre, reter talentos e tornar a cidade uma referência no segmento.

O South Summit é uma das maiores feiras de inovação do mundo e Porto Alegre sediará a primeira edição fora da Europa.

 

 

QUAL OUTRO PROJETO EM DESENVOLVIMENTO QUE NA SUA VISÃO IRÁ IMPACTAR A NOSSA CIDADE?

Sem dúvida nenhuma, o projeto +4D, que vai apresentar novas regras urbanísticas para o Quarto Distrito. Aquela região, que já foi industrial até os anos 70, ficou muito tempo sem receber investimentos, e agora é um dos pontos de maior inovação da cidade. Ali floresceram hubs de inovação, microcervejarias, bares e restaurantes, e muito ainda está por vir. Preparamos um projeto ousado com normas para novas construções, renovação do patrimônio histórico e incentivos tributários para novos negócios. Certamente haverá mais moradias e oportunidades na região (que compreende 5 bairros da capital, da Rodoviária até a Arena do Grêmio).

 

 

PORTO ALEGRE, O NOSSO LUGAR PARA VIVER BEM

 

O Centro é o cartão de visita de todas as cidades e saber que o nosso será renovado gera muita esperança para a nossa cidade. O Centro Histórico vai passar por muitas mudanças, assim como nossa Orla já passou, tudo isso reinventa um bairro e seu entorno, trazendo novos comércios, novas oportunidades e uma melhor qualidade de vida para os moradores.

 

O nosso tema de renovação, escolhido para homenagear os 250 Porto Alegre vem muito de encontro com as ações da atual gestão, que se empenha para fazer da nossa cidade um lugar cada vez melhor. O sentimento de inovação é o que toma conta de nosso coração ao andar pelas ruas de nossa Porto Alegre.

Agradecemos ao Vice-prefeito, Ricardo Gomes pela entrevista e por compartilhar conosco o olhar atento à capital e as ideias de futuros projetos.

 

 

Veja AQUI os imóveis que separamos especialmente para você!

 

Fale conosco por WhatsApp que lhe ajudamos a encontrar o SEU LUGAR.

Porto Alegre 5198904-3782.

 

 

Leia mais:

4 dicas para viver Porto Alegre ao ar livre

A rua em alta – a implantação de parklets na cidade

Imobiliária para a locação de imóvel: qual a importância?